São Vicente ganha ouro no tênis de mesa e mantém título na categoria

São Vicente pode comemorar! O título do tênis de mesa na categoria A (acima de 60 anos) continua na Cidade. Yoshihisa Abe, atropelou os adversários e não teve pra ninguém. 

1º Lugar – Yoshishisa Abe – São Vicente
Foto: Prefeitura de São Vicente
No primeiro jogo, São Vicente passou por Itanhaém, 3 x 0, na semifinal, contra Diadema, 3 x 1. A grande final foi contra Antonio Naito, de Osasco, um jogador bem experiente, mas que Abe venceu por 3 x 0. 

Sempre focado e contido, o vencedor das últimas duas edições do Jogos Regionais do Idoso (JORI), disse que estudar o adversário e ficar calmo foram os segredos da vitória. “Ele joga com uma borracha na raquete que dificulta a minha defesa, porém, fiquei atento e aproveitei cada oportunidade. Muito feliz em ganhar o ouro para São Vicente, em casa”. 

O adversário também reconheceu as qualidades dele. “Foi difícil, ele não dava sossego, ótimo jogo, mereceu ser o vencedor”, disse Naito.

Em terceiro lugar, ficou Luis Oshiro, de São Bernardo, que venceu por 3 x 2 Osvaldo Fernandez, de Diadema. 

Esta foi a única categoria em que Osasco perdeu. Eles foram os verdadeiros “papa-títulos” da modalidade. No masculino B, Nozomu Kikuti, passou por Santo André e fez a final contra Mikio Kojima, de São Bernardo do Campo. Aliás, há quatro anos, este tem sido o duelo das finais do JORI acima de 70 anos. Mais uma vez, o jogador do ABC perdeu por 3 x 0. O grande campeão disse que o diferencial está no treinamento físico. “Eu treino todos os dias, 5, 6 km para ter condicionamento físico. Acho que me faz ter disposição e vontade de ganhar mesmo quase aos 80”, disse o simpático jogador aos risos.

1º Lugar – Carmen Massako - Osasco
Prefeitura de São Vicente
No feminino A (acima de 60 anos), não foi diferente. Carmen Massako, de Osasco, venceu São Bernardo por 3 x 0 e fez a final com Gilka Pereira, de Bertioga. Mais uma repetição da final do JORI do ano passado. Para vencer, ela neutralizou o jogo da adversária e fez 3 x 0. “Já sabia como ela jogava, então só precisei pegar os pontos fracos. Valeu a pena, saí com o título novamente”. Na disputa de 3º lugar, Dalva Tamanaha, de Santo André, ganhou de Marta Maria, de São Bernardo.

Pra fechar as disputas, novamente uma reedição da última final. Mitsuko Yamaguti, de Osasco, venceu Santo André no sufoco na semi, 3 a 2 e fez a final com Kioko Takahahi, de São Bernardo, que passou por Praia Grande, na semi. As duas também velhas conhecidas duelaram ponto a ponto. A atleta da Grande SP saiu vitoriosa, 3 x 1. “Foi a mesma final do ano passado, mas ela deu muito mais trabalho, é uma grande adversária e amiga”, completou. 

Em terceiro, Masako Kikokawa, de Praia Grande, ganhou de Aparecida Bortolotto, de Santo André.

O pessoal do tênis de mesa deu um show de simpatia e amizade. Mostraram que dentro da quadra vale o sacrifício, mas fora tudo é uma grande festa! Parabéns aos vencedores!

Confira os campeões

Masculino A
1º lugar – Yoshishisa Abe – São Vicente
2º lugar – Antonio Naito - Osasco
3º lugar – Luis Oshiro – São Bernardo

Masculino B
1º lugar – Nozomu Kikuti - Osasco
2º lugar – Mikio Kojima – São Bernardo
3º lugar – Ernani Lacerda - Bertioga

Feminino A
1º lugar – Carmen Massako - Osasco
2º lugar – Gilka Pereira - Bertioga
3º lugar – Dalva Tamanaha – Santo André


Feminino B
1º lugar – Mitsuko Yamaguti - Osasco
2º lugar – Kioko Takahahi – São Bernardo
3º lugar – Masako Kikokawa – Praia Grande

Fonte: Jori - Prefeitura de São Vicente

Página Inicial


Comentários